Santo: São Tarcísio

By | 09/07/2016

São Tarcísio viveu em Roma por volta do ano 258 da era cristã. A wikipedia italiana indica como provável que tenha vivido entre 263 e 275 d.C. O pouco que se sabe sobre ele vem da epígrafe em seu túmulo, escrita pelo Papa Dâmaso I, que foi papa no século seguinte ao que Tarcísio viveu. É considerado o padroeiro dos coroinhas.


Na adolescência converteu-se ao Cristianismo.

Como acólito nas missas realizadas nas catacumbas foi incumbido de levar hóstias aos prisioneiros condenados a morte.

As levava nas mãos, apoiando no peito a Eucaristia, no caminho foi agredido por curiosos interessados no que carregava, mas preferiu morrer que entregar à multidão os sacramentos que carregava. Tinha então 12 anos.

Como na epígrafe que lhe dedicou em seu túmulo o Papa Damaso I o compara a Santo Estevão, que foi apedrejado até a morte, se supõe que Tarcisius também tenha morrido desta maneira.

Suas relíquias repousam atualmente na basílica de San Silvestro in Capite, em Roma.
São Tarcísio
Sua história foi expandida pelo Cardeal Nicholas Wiseman, que o retrata como um jovem acólito em sua novela “Fabíola, ou a Igreja nas Catacumbas”, publicada em meados do século XIX. A ampla divulgação deste livro é responsável pela renovação e ampliação de seu culto.

São Tarcísio é o patrono dos Coroinhas e Ministros Extraordinários da Eucarístia.

É também padroeiro dos operários que sofrem perseguições devido a suas crenças religiosas.


Sua festa é celebrada no dia 15 de agosto de cada ano.

Como esta data é reservada pelo Calendário Litúrgico de Santos à solenidade da Assunção de Maria, São Tarcísio não é mencionado neste calendário, apenas na Martiriologia Romana.

Oração a São Tarcisio

Ó glorioso São Tarcísio, que agora no céu estais a gozando o prêmio do vosso amor verdadeiro a Deus, de fidelidade e proteção constante à Santa Eucaristia.

Abençoai nossas famílias e os devotos, que buscam em Ti o Amor e a Coragem de lutar por Jesus Cristo.


Quero, neste dia, seguir sua bravura, sentindo em meu coração a Santa Eucaristia, seguindo a Jesus Cristo, amando e respeitando o serviço de sua Igreja, o Magistério de nossa Fé.

Livrai-me da maldade e de tudo o que pode me separar de Deus, do próximo e da salvação eterna. Concedei-me a graça que desejo alcançar (Pedido).

Graças e louvores se dê a cada momento, ao Digníssimo Santíssimo Sacramento.

Compartilhe com seus amigos!
FacebookTwitterGoogle+Pin ItEmail

Comente e Compartilhe com seus amigos!

Comentários